Inicia primeiro módulo do Curso de Formação de Formadores da Escola de Formação Sindical Chico Mendes da Amazônia

Encontro reúne sindicalistas dos estados do Pará e Amapá em dois dias de evento na sede do Sindsep/AP

Após mais de dois anos sem aulas presenciais a Escola de Formação Sindical da CUT Chico Mendes da Amazônia volta a reunir sindicalistas em aula presenciais. Desta feita o Amapá foi o estado escolhido para este recomeço. O primeiro módulo do Curso de Formação de Formadores, acontece de 02 a 04 de junho, no horário das 08h00 às 18h00, no auditório da Sede Campestre do Sindsep/AP, no distrito da Fazendinha em Macapá. O curso é composto por 6 módulos, três serão executados este ano e 3 em 2023.

O Curso de Formação de Formadores é uma iniciativa da Secretaria Nacional de Formação da CUT Nacional, por meio da Escola de Formação Sindical Chico Mendes da Amazônia e reúne sindicalistas de várias regiões dos Estados do Pará e Amapá.

O processo de formação é coordenado por Tácito Pereira, educador da Escola Chico Mendes da Amazônia, que iniciou pela mística de abertura pedindo aos participantes que depositasse no centro da roda de conversa, uma simbologia que lembrasse sua luta. Muitos foram os símbolos apresentados como: bandeiras, canecas, livros, canetas, jornais bonés dentre outros.   

Em suas falas os participantes relataram um pouco de suas lutas, com vistas ao combate a pandemia de Convid-19, bem como as lutas por direitos: tanto no campo, quanto na cidade, além do esforço redobrado para realizar suas atividades remotamente.  

Durante a apresentação o diretor do sindicato dos bancários do Amapá, Edson Gomes, relatou a luta do SINTRAF em adquirir a vacina para os sindicalizados e colaboradores da categoria.

Tácito Pereira lembrou que esta formação vem num momento especial no Brasil por conta das eleições gerais. “Não podemos esquecer que neste curso vamos abordar com bastante atenção o processo eleitoral deste ano que vai tirar o País dessa situação bastante difícil que nos encontramos”.

No encerramento da mística de abertura, Rogério Pantoja, coordenador da Escola Chico Mendes da Amazônia, deu as boas-vindas aos presentes e lembrou da alegria em voltar a reunir a rede de formação da CUT de forma presencial. Lembrou ainda do processo histórico de formação da Escola Chico Mendes com vistas ao ingresso de novos participantes o que, segundo ele, reforça as bases durante o processo de formação.

Valdecir Bittencourt

Secretaria de Imprensa do Sindsep/AP